domingo, 21 de outubro de 2012














Quantas lágrimas percorri até ti
Caminho de separações marcado
A ferro e fogo na alma,
Âmago que chora por ti,
Pelos teus olhos, que sozinhos
Contém todo meu mundo particular...
Anseio eternizado no tempo,
No sonho que tenho de te ter comigo,
Junto a mim como Um,
Um em dois
Sem desatar mais laços,
Fecha as minhas feridas amor
No aconchego de teus braços,
Em tua presença,
União de corações, corpos e almas,
Esta é a chama que a tudo une
Que a tudo dá vida e sentido
Esta é a salvação.

Milene.