quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Por tanto tempo 
Fui aquela que te pintava em versos, 
Os teus passos, 
Os teus traços borrados 
Por tantas paisagens novas, 
Sedutora voz marcada 
Por olhos de mel 
Profundos e tristes...

Por tanto tempo, 
Apenas vaguei só, 
Te imaginando por trás de lugares e ares, 
Em acordes, em frases musicais doloridas, 
Misturadas a serenidade 
Que a vida me obrigou a alcançar... 

Sim, a menina morreu 
Em favor da mulher que chora as tuas lágrimas, 
O teu sentir que distante, também é meu! 
O meu amor, que mesmo agora, 
Impossível, velho e tão maltratado, 
Ainda é teu!

Milene.


5 comentários:

  1. Oi Milene,
    O poema é lindo, mas um bocado melancólico.
    Cheguei ao seu blog por acaso e estou gostando muito. Estou seguindo vc. Vou ficar muito feliz se vc me visitar e tb me seguir.
    Beijos 1000 e um meio de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  2. Oi miga!!!!!!!


    Caramba, qto tempo!!! E esse poema lindao??? Nao achei melancolico nao, alias, como vc costuma fazer comigo, viajei com as palavras, sabes o que lembrei ao le-lo? "Amor em tempos de colera" Vc ja viu? ja leu o livro? Recomendo!!! Tal qual seu poema, a historia gira em torno de uma amor do passado, um amor insuperavel, que nenhum outro consegue substituir, os anos passam, a vida segue, tudo muda, menos esse amor...

    Como vc esta??? Por aqui td bem, tb ando correndo, acabamos de mudar, voltei novamente para Leipzig, a cidade que adoro, dei adeus a Weimar e a vizinha dos infernos, haha A novidade é que em marco iremos para a Coreia do Sul, viver um ou dois anos, mas essa e a etapa final, depois disso se nao voltar ao Brasil me divorcio, haha Acho que essa experiencia vai ser boa, muito boa e interessante. Para quem escreve, viajar é algo incrivel e enriquecedor...

    Vc me perguntou sobre meus livros, o primeiro ainda está enrolado aqui com previsao para marco ( pois ele saiu do Brasil faz mais de um ano pq consegui vender os direitos aqui), o segundo livro está numa editora no Brasil e tb sairá em marco, e o terceiro estou acabando de escrever.... Pode deixar que assim que eu tiver novidades qto as obras vou contar tudinho, estou numa anisedade que nao cabe dentro de mim, rsrsrs

    Miga, conta algo de vc, vai entrar de ferias?? Espero que aprveite, e que de preferencia, namore bastante!!!!! haha ja conseguiu um gringo ai???

    Bem, vou nessa,
    Beijo grande, grandao !!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Hola oi
    Sou um professor espanhol. Primeiro, sua poesía é bem linda e chega a coraçao. Segundo tenho alunos de goias e quizer saber sobre seu estado para chegar a os intereses de meus alunos. Meu email serrat40@hotmail.com
    Desculpa meu pésimo portugues. Un beso. Fran.
    http://educacion-poesia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Estivemos juntos por mais um ano, para minha alegria, no blog, no facebook, no orkut, no e-mail, não importa, eu agradeço.

    Há de ser o Natal um grande momento de paz. Há de ser o Ano Novo um tempo de amor.

    Que a paz, o amor e a harmonia permaneçam em seus corações e seus lares.

    Quando em minhas preces, agradeço por vocês existirem na minha vida, enxergo minha pessoa, tão frágil, tão “comum”, tão indignada com as coisas do mundo e me pergunto,como cheguei a vocês?

    Sem planejar, até mesmo sem perceber, aumentou minha família.

    Escuto um eco enorme à minha pequena voz... vocês apareceram na minha telinha, tão natural, tão espontâneo!

    Chego a pensar que sempre foi assim. É assim!!!

    Percebo ainda, que falamos em

    Anas, Josés, Cecílias, Beths, Carminhas, Marias essa e aquela, Edisons, Eloys, Fátimas, Veras e tantos outros, como pessoas de minha maior convivência, na mesa do jantar, ou mesmo almoço.

    Quero desejar agora;

    Da minha família para a sua família, um FELIZ NATAL.

    FELIZ ANO NOVO.

    Que a paz do Natal se multiplique no ano que se inicia.

    Obrigada por fazerem parte da minha vida.

    DEUS os abençoe.

    FIQUEM COM DEUS.

    ResponderExcluir
  5. Olá Milene, muito prazer!
    Desculpe a demora mas meu blog estava abandonado, estava! rs
    Muito obrigado, que bom que tenha gostado do blog, apareça sempre. Prometo mantê-lo atualizado!
    Pois bem, é realmente complicado achar partituras com bons preços, é possível com alguma sorte achar em Sebos, mas mesmo assim.....Eu possuo os improvisos de Schubert de uma edição qual gosto muito: Schirmer. Uma edição muito boa.

    Para comprar existem algumas lojas especializadas:
    http://www.freenote.com.br/
    http://www.casamanon.com.br/
    http://lojadepartitura.com.br/piano.html?p=5

    e o tradicional site para baixar:
    http://imslp.org/wiki/Main_Page

    Espero ter ajudado e parabens pelo blog. Você escreve poemas lindos.
    Beijo

    ResponderExcluir

Obrigada a todos pela visita e pelos comentários. Voltem sempre, =).