sábado, 5 de novembro de 2011


A saudade bate à porta,
E o seu vazio
É ouvido por dentro
- cadafalso oco
Sua estridente batida o estremece.
O olhar se volta
Para cheiros e formas,
Vultos que dançam,
Sorriem e choram,
Sombras distantes que doem,
Enquanto dou as costas
Aos teus apelos...
-Viver é preciso
Mesmo quando os dias são longos,
E as noites se fazem
De melancólicas lágrimas...
- A saudade sabe que não há volta,
Que não há como se voltar atrás.

Milene.












Sarabanda  in D minor - Händel

* Volto á postar agora aos poucos nesse blog... agradeço a todos amigos e leitores que não me abandonaram nesse tempo que estive ausente. 

* Essa música, como sempre acontece quando incluo peças musicais em uma de minhas postagens, está vinculada ao sentimento desses versos, emprestando a eles maior sentido e profundidade; por isso deixo aqui como sugestão, ouvir a peça e ler os versos ao mesmo tempo. Essa sugestão vale para todas as peças musicais  que já foram e ainda serão postadas nesse blog junto com os meus versos. Essa peça é também tema central de um maravilhoso filme do incrível diretor Stanley kubrick - Barry Lyndon, um filme que recomendo á todos.

6 comentários:

  1. Querida que lindo teu post.Adoro música clássica e Händel é um dos meus preferidos.Falar de saudades é falar de algo que marcou nossa alma, e associado a esta música divina confesso que me emocionei.Saio daqui com o coração nas mãos.Bom domingo.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  2. Trago em mim todas as saudades do mundo....

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais: suas palavras com Handel ao fundo...belíssimo...

    Que bom que voltou! Voce escreve com a alma, por isso, encanta...

    Beijos e um dia repleto de boas energias!!
    Liz

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga linda!!! demorou a aparecer, mas voltou inspirada pelo menos, e bota inspirada nisso!!! Sempre acho seus versos de um bom gosto inconfundivel, nao sei se ja te disse isso, mas se ja falei, torno a dizer, da até para trocar o ome do blog de melodia em versos para versos de classe! rsrs to brincando, pois pelo seu estilo, o nome casa perfeito!!
    Tb andei sumidona, acabamos de mudar para outra cidade, estou novamente em Leipzig, a cidade que amo, mas cheia de caixas no ape, nao parei ainda de correr... agora é mais de meia noite por aqui, estou com dores musculares de tanto ter trabalhado, ou quer dizer, de ter trabalhado mais que o meu limite suporta com essa coisa de faz caixa e tira coisa de caixa, e nossa quarta mudanca desde que estamos aqui na alemanha, é mole?? por isso tb
    estou meio fora da blogosfera, mas quis pelo menos dar um sinal de vida pra vc! E vc, como. esta??? Quais asnovas por ai? Desafogou a correria?
    Bem, a gente fica longe, mas nao some por completo, né? de vez em quando é bom dar um sinal de vida, espero que vc esteja bem! Vou tentar puxar uma pestana agora que estou moida!

    Beijo grande, grandaooooo!!!!!!!! Ps. tem um monte de palavras erradas aqui, mas estou digitando com um ipad, e nao sei mexer nisso direito, haha que burrona!!!!!

    ResponderExcluir
  5. hummmm, pelo visto, segues ocupadérrima, né miga?? Quando puderes, mande sinais de fumaca que já estou com saudades, mesmo que virtuais, nao interessa, hahaha

    Espero que vc esteja bem!!

    Mega beijoka!!!

    ResponderExcluir

Obrigada a todos pela visita e pelos comentários. Voltem sempre, =).