terça-feira, 9 de agosto de 2011

Tarot - Três de Espadas

Não te olho de frente
Te vejo pelo pensamento,
Passos incertos pelas avenidas do tempo
Fusão desesperada de passado e presente
Lamina cortante
Onde tu me tens nua !
- Alma exposta por rasgos, feridas
Estraçalhada pelos teus olhos,
Pelos teus lábios, pelo teu Eu, tão meu...
O meu amor me tem tua !
Menina afastada de sua sombra,
De seu Eu sorridente,
Mulher formada por cacos
- Mosaico em flor
Pó que não é cocaína
- Será só tristeza?
E a fruta mordida
Que foi proibida
Dividindo águas de vida
- Paraísos perdidos em queda.

Milene.

13 comentários:

  1. Milene..sem palavras..
    Vc escreve lindamente. agora poesia.. menina..que talento!!

    bj

    Ma

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Milene! Cortante, afiadíssima nas palavras, mas sem perder um toque de doçura que acompanha sua lira. Gostei muito!

    beijo.

    ResponderExcluir
  3. Uma verdadeira Poetisa, gosto de seus poemas Milena. Neles percebemos a sua sensibilidade...
    parabénss, tudo de bom menina.. bjs

    ResponderExcluir
  4. "Como será o amanha, responda quem puder! Já desfolhei o mal me quer..."
    Queremos tanto previsão de tanta coisa, mas acho mesmo se soubéssemos, pouco saberíamos lidar com as flores no mosaico. No máximo mudar de lugar.
    Tem época estamos tao no "pó" que nao dá nem pra comparar com cocaína, de tao ruim rs
    Bem linda poesia, amiga, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Seria crueldade dizer que é o preço da entrega?

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Intenso e sem dor. Adorei

    Jr

    ResponderExcluir
  7. Milene, eu demorei um pouquinho para te retribuir a visita, mas vim e deixei um comentário. Agora vi que ele não entrou. Desculpe-me, querida!
    Vamos começar do começo (risos). A semana passada estava correndo muito com o trabalho, e pra piorar minha mãe estava com problemas de saúde e tive que correr para atendê-la. Passada a correria, corri para deixar o blog em dia, com visitas e comentários. Nova correria. Agora entrei de novo aqui e vi que não entrou meu comentário. Me perdoe. Parece at´que eu nem liguei, né?
    Voltei porque gostei do seu espaço e do que escreve. Vou ser sincera, só volto qdo o blog tem a ver comigo. Pois a blogosfera é uma troca. E embora eu não escreva, amo poesias. Recentemente postei uma lista de filmes sobre a vida de grandes poetas. Depois dá uma olhada.

    Ah, que lindo seus versos...quanta delicadeza e lirismo, e ao mesmo tempo, uma loba...

    Lindo!
    Retorno...
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Que poesia linda! Adorei! Parabéns ;)

    ResponderExcluir
  9. Mi, eu tive tanta história de altos e baixos com meus pais, cê nao tem ideia! Mas no final de tudo, cheguei a conclusão que fiz minha parte de filha, pouco pude fazer se nao fizeram a deles, nao dependia de mim. Pude olhar pra trás e ver que o que importa é só isso mesmo.

    Eu imaginei mesmo você estava à toda estudando, também te gosto, ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  10. Milene
    Perfeita a poesia!Rica, intensa, reflexiva!!! Você é dona de muito talento, pessoa querida. Bjkas com muito carinho!

    ResponderExcluir
  11. Teus comentários sao sempre bem legais, eu adoooro. Aquele do espelho você captou toda a essência, e ainda melhorou :)

    Que a semana seja bem boa pra você,
    quem sabe cruzando com um belo e suspirante Brad Pitt pelo caminho auhauahauah (uma brincadeira séria essa)
    bj

    ResponderExcluir
  12. Milene querida, adorei as palavras!!!
    bjokitas :)

    ResponderExcluir
  13. Olá,zapeando cheguei aqui.
    Lindo blog,lindos versos. bjs

    ResponderExcluir

Obrigada a todos pela visita e pelos comentários. Voltem sempre, =).