terça-feira, 24 de maio de 2011

Study for a Better Life - Fabian Perez


















Hoje quero cantar a alegria
em meio a tristeza
cercada por almas desconhecidas
Sonhar com outros portos
como esperança de renascimento
Desbravar mares
Sentir o vento e o sol
do aqui e do agora
Quebrar crateras
construídas por fatos e anos
Sem medo de minha fragilidade - força
Juntar melodias e compor uma fuga
em contraponto com minha melancolia 
E assim, homenagear a vida
que me fez dançarina
em seu bailado
Fazer de lágrimas vinho
de lugares estranhos, significados
Brindar ao futuro
construído desde agora musicalmente,
E em meu infinito amanhecer.

Milene.


quinta-feira, 19 de maio de 2011























Aquele céu repleto de estrelas, amor,
Faz parte do nosso luar sonhado - roubado,
Paisagem sonora interrompida
Que os anos não conseguiram apagar... 
Noturnos de Chopin permanecem
como nossas testemunhas ocultas
As lembranças vivas, 
como em um filme real,
Olhos de mel torturantes,
Secretos na imaginação,
E o grito abafado no peito,
É solidão transformada por vezes em lágrimas,
Desde o dia em que teus passos
Abandonaram os meus...
Amor - dor retido em seu significado
Em meu, em teu
Silêncio forçado.

Milene. 

 


quinta-feira, 5 de maio de 2011















A noite caí meu bem, e eu aqui, nessa imensidão vazia...
Um grão de areia, uma tristeza incontida
Que em meu peito não cabe mais...
E você? Você ficou lá, bem longe... lá atrás...
Sim, sei de que nada adianta chorar
De nada adianta fingir que se sorri por dentro...
A noite caí meu bem
E eu estou só, aqui
Apenas só, mais um dia...
E nisso, o que sou além de sons,
Além de música?
Um labirinto sem fim,
Uma interrogação sem sentido...
Choro por dentro
Tenho o rosto seco
Mas minha alma chora na ausência de lágrimas.
Pegadas do meu caminho
Em areia, e naqueles dias
que não voltam mais.

Milene.