sábado, 16 de abril de 2011

Cosmic tarot - Ás de copas
Quero o teu cálice
De alegrias e amarguras
Tua partitura de vida
Ás vezes triste,
Mas presente, desperta.
Amanhecer contigo,
Percorrer as alamedas
De tua alma,
Por amor aceitar
O bom e o ruim,
A luz de teus olhos
O teu olhar que mesmo distante
Me trás imensidão.
Abrem-se estradas floridas
A minha frente,
Estás longe, mas tua lembrança
Faz morada em meu infinito
Sons e silêncios se enlaçam
Dançam, brincam,
Compõem melodias em versos
Sussurram-me eternidades
És absoluto pra mim.

Milene.

7 comentários:

  1. Não há ausência mais presente que o amor.

    :)

    ResponderExcluir
  2. A presença constante do sentir!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo espaço, em forma e essência.

    Fraterno abraço

    ResponderExcluir
  4. lembranças são nossos preciosos presentes.



    =)

    bjsmeus

    ResponderExcluir
  5. Quer dizer que eu encontrei uma poeta por aqui?
    Gostei muito do seu jeito de escrever, visitarei mais. :)

    E muito obrigada pelos comentários no meu, fico feliz por saber que alguém lê.hahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Fiquei encantada com suas crônicas Helena, e por isso sempre voltarei ao seu blog... é muito divertido te ler... suas palavras são leves e envolventes e os finais de suas histórias me surpreenderam... obrigada pela visita também, seja sempre bem vinda aqui, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Quando os silêncios se enlaçam, acendem-se os lábios e o beijo acontece...

    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir

Obrigada a todos pela visita e pelos comentários. Voltem sempre, =).